Tempestade solar atingirá a Terra nesse sábado

Enquanto você está lendo esse artigo, uma enorme nuvem de partículas carregadas está acelerando à quase 5 milhões de km/h em direção ao nosso planeta, resultante de uma tempestade solar que se iniciou no dia 12 de julho.

Tempestade solar

A rajada de partículas se colidirá com o campo magnético da Terra nesse sábado, e poderá afetar operações de satélites e mais dificilmente poderá causar danos nas redes de energia elétrica. Veja pelo lado bom, essa grande tempestade solar fará com que haja um aumento nas ocorrências das incríveis auroras boreais no final de semna, que poderão ser vistas por todo o norte da Europa, regiões da Ásia, América do Norte, e na Groenlândia.

Essas tempestades geomagnéticas são muito comuns quando o sol se aproxima de sua atividade máxima, em ciclos que duram 11 anos. Tempestades ainda mais fortes estão previstas para os dois próximos anos, período de atividade máxima do Sol.

Embora essas tempestades possam causar danos às redes elétricas e sistemas de comunicação, elas não oferecem risco à saúde humana. [UniverseToday]

Lucas Rabello tem 19 anos, mora em São Paulo, é formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, apaixonado por ciência, adora esportes, rock e livros de suspense. É administrador do Mistérios do Mundo (projeto que criou em 2011) e escreve diariamente para o site.

Comentar com o Facebook